11.04
Postado por: By:
Arquivado em: Uncategorized

Christina Perri está prestes a lançar seu mais novo projeto, Songs For Carmella, um álbum cheio de canções de ninar inteiramente dedicado a sua filha, Carmella. O álbum será lançado no próximo dia 17, mesmo dia em que Carmella completa um ano de idade. O álbum já está em pré venda em todas as plataformas digitais e também terá uma versão física lançada no mesmo dia, que já está sendo vendida em sites internacionais, como Amazon. Perri concedeu uma pequena entrevista ao site philly.com, onde fala sobre conciliar carreira e sua família. Confira a tradução a baixo.

 Nascida do condado de Bucks, a cantora e compositora Christina Perri tem uma carreira próspera e hits como “Jar of Hearts” e “A Thousand Years”. Mas nada sobre seu trabalho a deixa tão feliz quanto o amor de sua grande família na Filadélfia (“Tem uns 180 Perris e eles vão a todos os shows na Filadélfia“, ela disse). O novo membro da família é Carmella Costabile, primeira filha de Perri a o apresentador de tv Paul Costabile. Carmela completa 1 ano na quinta, 17 de Janeiro, e a aniversariante sortuda vai ganhar mais que apenas velas e bolo, ela vai ganhar seu próprio álbum, Songs for Carmella: Lullabies & Sing-a-Longs, que tem as tradicionais canções de ninar, canções da Disney e novas músicas de Christina.

O primeiro contato que tive com sua família foi no show em Tower Theatre, onde sua avó disse que eu era magro como você e que nós dois precisavamos comer.
Todo mundo está ótimo. Eles são tão hilários e maravilhosos como quando você os conheceu.

Seu irmão Nick esteve na banda Silvertide e Shinedown. Ele compôs para seus álbuns.
Ele acabou de me visitar com sua esposa e filha, ele tem seu próprio projeto, “The Underground Thieves”. Ele está prosperando.

Entre você e Nick, você está ocupada preenchendo a linhagem Perri. O quão crucial é ter uma dinâmica familiar em ação?
Eu tenho que dizer, é a prioridade número 1. Essa é a coisa mais importante para mim na vida e sempre tem sido assim. Carregar a tradição com uma criança e um marido, espero que eu seja incrível como foi minha família enquanto eu crescia. Eu não vou a todos os lugares com os 180 membros da minha família, mas me manter em contato com eles é uma obrigação. Nós tentamos fazer tudo jutnos. É por isso que estamos nesse planeta… algo que lembre o que minha família ja teve. E mais, é sobre se conectar com nossas raízes italianas. Meu marido é italiano também, então isso é ótimo.

Como tudo isso se encaixa- planejar novos álbuns, turnês, crianças?
Isso é válido. Eu ainda sou uma nova mãe- ela completa 1 ano em 17 de Janeiro- e eu estou aprendendo a balancear a vida de artista com a vida de mãe, esposa, irmã e filha. Eu definitivamente acho que é sobre tentar e errar. Algumas mulher voltam a trabalhar na mesma hora, e essas mulheres são minhas heroínas. Eu fui tão sortuda de passar cada minuto dos primeiros nove meses com Carmella antes de ir para Nashville e fazer esse álbum. Mas Carmella vem em primeiro lugar, e eu estarei aqui para qualquer coisa que ela precisar. E mais, eu tenho uma ótima equipe de familiares e amigos- e a família do meu marido- todos me ajudam. Todos colocam a mão na massa e por eu não estar vivendo na California, todos estão perto, o que é ótimo. Então não posso levar todo o crédito. Mentalmente é um desafio fazer todas essas coisas que eu costumava fazer, agora adicionei “ser mãe” na lista.

O álbum de canções de ninar é uma ótima transição para esse desafio artístico.
Exatamente. Porque eu posso entrar cuidadosamente nisso, cantanto sobre Carmella. Mentalmente e emocionalmente, é uma grande transição para mim. Eu gostaria de fazer outro álbum de canções de ninar em alguns anos assim como outro álbum de Natal. Eu deveria estar colocando música para fora, seja como pareça, tudo que for honesto e se refira a minha vida real.

Você se casou com um jornalista de entretenimento, o que eu ouso dizer é um movimento bobo.
Foi um movimento muito, muito bobo e algo que todo mundo viu chegando. Pela camera, pessoalmente, todos viram ele me intrevistando e nós nos apaixonando diantes de todos.

Vocês dois decidiram que queriam começar uma família quando de fato começaram?
Nós sabiamos que queriamos uma família, mas eu estava trabalhando no meu terceiro álbum quando fiquei grávida. Foi um presente mágico que veio do nada, e estamos muito gratos. Eu pausei a composição do terceiro álbum, – o que foi ótimo já que eu tenho metade de um álbum escrito- então eu pude estar totalmente presente em minha gravidez e meu primeiro ano como mãe.

As canções da Disney e as outras que estão no álbum são canções que sua mãe cantava para você?
Minha mãe definitivamente cantava Mary Poppins para mim,

Você escolheu uma mistura de canções de ninar tradicionais e pessoalmente escritas para sua filha. O que significa fazer uma música original dedicada a sua filha, como “You Mean The Whole Wide World To Me”?
Eu não pensei sobre isso. Eu estava tendo espasmos sobre o que eles chamam de “quarto trimestre” e não pensando sobre compor. Mas eu sou uma musica por completo e eu estava sentada no piano quando ela tinha 8 semanas de idade, quando(christina começa a cantar):”you mean the whole wide world to me” saiu. Apenas isso. Ela olhou para mim e deu um grande sorriso – uau- foi o melhor momento da minha vida. Eu não sei de nada que possa parar isso. Eu canto para ela todos os dias.

Então ela respondeu favoravelmente. Essas são suas músicas favoritas.
Carmella ainda não tem uma playlist, então ela não pode escolher as músicas que canto, então são minhas favoritas, as músicas que são mais calorosas para mim enquanto eu estou cuidando dela e saindo com ela. Essas são as músicas que eu e ela compatilhamos. Foi muito fácil reunir isso em um álbum.

Fonte| Tradução: Fernanda Billerbeck